Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA recebe doação de equipamentos de outros órgãos federais
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA recebe doação de equipamentos de outros órgãos federais

Em dois anos, o Campus Presidente Dutra captou R$ 600 mil em equipamentos e compartilhou com outras unidades do Instituto Federal
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 26/07/2021 21h21
  • última modificação 26/07/2021 21h22

As atividades do IFMA Campus Presidente Dutra iniciaram no ano de 2016 e para driblar a escassez de recursos orçamentários para aquisição de material permanente, o campus buscou parcerias com outros órgãos estatais. As primeiras doações aconteceram no ano de 2019, quando o campus em colaboração com a unidade do IFMA em São Raimundo das Mangabeiras, conseguiu o recebimento de 03 veículos junto ao Superior Tribunal de Justiça: um veículo Renaut Logan, um Ômega e um Van Ducato, avaliados em R$ 94 mil.

Após essa primeira ação, foi obtida outra doação junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região. “Foram adquiridos 67 microcomputadores, 61 Monitores LCD de 19 polegadas e 02 servidores de rede Power EDGE R610, avaliados em, aproximadamente R$ 150 mil”, informa o diretor geral Carlos Antônio Barbosa Firmino.

O campus conseguiu obteve acesso a essas doações por meio da solução Reuse.gov desenvolvida pelo Ministério da Economia que fornece publicidade às ofertas de bens móveis e serviços para a administração pública, disponibilizados pelos próprios órgãos de governo ou oferecidos por particulares ou empresas.

“A ferramenta desburocratiza e garante a transparência aos processos de incorporação e transferência de patrimônio da União, otimizando a gestão do recurso público, prezando pelo consumo consciente e sustentável”, avalia Deibid Pereira Ribeiro, diretor de Administração e Planejamento do IFMA Campus Presidente Dutra. Ele se habilitou na ferramenta e iniciou uma busca diária por anúncios que pudessem atender as demandas do campus por condições mínimas de trabalho aos servidores e melhoria da qualidade da educação.

O anúncio permanece disponível por 10 dias e, nesse período, o interessado pode aproveitar para contatar o anunciante e verificar se há vantagem ou não na aquisição pela administração.

A primeira doação conquistada por meio do Reuse foi junto a Agência Nacional de Transportes Terrestres, em São Luís/MA, que disponibilizou equipamentos de TIC – ativos de rede (11 mini rack 8u e switch 48 portas ethernet 10/100/1000).

Em seguida, o campus recebeu cinco Racks 40U para servidor da Agência Espacial Brasileira (AEB), dos quais 3 estão no Campus Presidente Dutra, um foi destinado ao Campus Grajaú e o outro à Reitoria.

Outra doação recebida pelo campus foi originária do Ministério da Justiça, constituída por diversos materiais de consumo (cartolina, envelopes, apagadores, pincéis, dentre outros) avaliados em, aproximadamente, R$ 14 mil. “Por ser um quantitativo muito grande, disponibilizamos muitos desses materiais para outros campi, dos quais destacamos Coelho Neto, o Centro de Referência de Colinas, São João dos Patos e Reitoria”, informou Deibid Ribeiro.

“Consideramos que essas aquisições se configuram como uma conquista do Campus Presidente Dutra, diante de momentos de tantas dificuldades orçamentárias e financeiras que tem nos incomodado nos últimos anos”, ressaltou Deibid. “Obtivemos êxito a partir de uma persistência diária em buscar, na ferramenta REUSE, diversas publicações e anúncios de interesse do campus de uma forma ordenada e cronologicamente planejada”, prosseguiu.

De acordo com o diretor de Administração e Planejamento do Campus, o mais difícil nesse processo é realizar o recebimento dos bens. “Todos os custos são do donatário e, tivemos que contar com o devido apoio da Reitoria, no uso do seu caminhão e na ajuda no custeio das despesas, tanto em relação a diárias de servidores, como na de motoristas terceirizados”, ressaltou.

Ele pontuou que os deslocamentos para a busca dos bens doados, devido à distância, é sempre muito desgastante, pois exigem alguns dias de viagem – a de Curitiba foi de 11 dias e a do Rio de Janeiro 9 dias. Além do tempo de deslocamento, é necessário o uso da força física pelo servidor que vai retirar os bens doados, seja para desmontar móveis ou para carregar o veículo.

“Podemos verificar, desse modo, que o resultado é economicamente promissor, mas exige trabalho árduo porquanto a aquisição não se conclui com a assinatura do contrato ou termo de doação, mas só quando o bem se encontra nas dependências da instituição requisitante, seja o IFMA – Campus Presidente Dutra ou qualquer outra unidade interessada”, assinalou Deibid.

Ela ressalta que, mesmo não sendo um trabalho fácil, é gratificante. “Hoje temos todos os ambientes da Diretoria de Administração e Planejamento, da Diretoria Geral, da Coordenadoria de Assistência ao Educando e da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação plenamente mobiliados e sem dispender de nenhum recurso do orçamento de investimento do IFMA”, informou. “Foram utilizados parcos recursos de custeio para deslocamento e diárias que se tornam irrisórios, para o nosso caso, diante dos mais de R$ 600 mil obtidos em aquisições de bens por doações.

“Enfatizamos que a economia obtida por essas aquisições nos permite também realizar investimentos em outros ambientes, tais como laboratórios, auditório, biblioteca e salas de aula”, assinalou. “Destacamos que esse processo de aquisição de bens não deve ser uma rotina apenas do Campus Presidente Dutra, mas de todo IFMA”, prosseguiu. “O mérito da iniciativa é de todos que participam direta ou indiretamente do processo, desde os gestores envolvidos, bem como aqueles que se deslocam nas viagens, como motoristas e terceirizados que recebem os bens, transportam, desmontam, carregam, descarregam e ajudam a (re)montar”, concluiu.

 

Confira outras doações obtidas

– Da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal do Mato Grosso do Sul: um Fiat Línea avaliado em R$ 35 mil.

– Da Controladoria-Geral da União de Belém/PA:  diversos mobiliários, com destaque para 12 estações de trabalho com 4 lugares, avaliados em, aproximadamente, R$ 63 mil. Desses mobiliários, alguns foram destinados aos campi São João dos Patos e Pinheiro. Também serão destinadas algumas estações de trabalho para o Campus Avançado de Rosário.

– Da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL/GO): um arquivo deslizante constituído de 07 (sete) módulos duplos de 0,85m de largura x 1,10m de profundidade; dois módulos simples de 0,44m de largura x 1,10 m de profundidade; comprimento do armário aberto de 8,00m x 2,20m de altura.

– Superintendência da Polícia Rodoviária Federal de São Paulo: 9 veículos (1 Captiva, 3 Astras, 1 Frontier, 1 Pálio, 1 Sentra e 2 blazer). Com exceção da Captiva que ficou na posse do Campus Presidenet Dutra, os outros veículos foram disponibilizados para os campi Pinheiro, São João dos Patos, Avançado Rosário, Araioses, Açailândia, São José de Ribamar, Avançado Carolina e Barra do Corda. Os bens estão estimados em valores superiores a R$ 200 mil.

– Superintendência da Polícia Rodoviária Federal do Ceará: 3 veículos (1 Pajero Dakar e 02 blazer), que foram disponibilizados 01 (um) para o Campus Avançado Porto Franco e 02 (dois) para a Reitoria.

– Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC/RJ/MG): diversos mobiliários (2 estações de trabalho com 06 lugares, 25 cadeiras espaldar com rodinhas, 27 armários altos, 17 armários baixos, 2 geladeiras, 2 sofás de 3 lugares e 4 de um lugar, forno micro-ondas e mesas e equipamentos de TIC), avaliados em R$ 46.552,86.

– Itamaraty: um microônibus marca Renault, modelo “Master Bus 16 DCI”, ano 2008, cor branco, capacidade máxima 16 pessoas, avaliado em R$ 56 mil.

– Agência Brasileira de Inteligência: 2 veículos, sendo um destinado para o Campus Timon e o outro para o Campus Viana, avaliados em R$ 90 mil.

Junto a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) está tramitando um processo de doação de equipamentos recreativos, equipamentos de refrigeração, TIC e mobiliários.

– Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (FUNDACENTRO) de Curitiba/PR: diversos mobiliários.

Além dessas doações já concretizadas, o IFMA Campus Presidente Dutra possui negociações em andamento com outros órgãos, como o Ministério da Infraestrutura, a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal do Pernambuco (SPRF/PE) e a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal de São Paulo (SPRF/SP).

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página